Plano de negócios pode ser a chave para o seu sucesso

Plano de negócios pode ser a chave para o seu sucesso
Plano de negócios

A chave para o sucesso está no seu plano de negócios

Assim como tudo que fazemos em nossa vida, é preciso planejar, algo que em tempos de pandemia, onde tudo parece um grande ponto de interrogação, planejar é algo que não está nos planos de muita gente. Mas para quem deseja abrir uma empresa isso não pode ser diferente. E a melhor forma de se estruturar é criando um plano de negócios. Afinal, não basta fazer um produto, saber executar um serviço, criar páginas nas redes sociais, colocar para vender e emitir nota fiscal eletrônica. O plano de negócios é a garantia de sucesso e longevidade para quem quer empreender.

E como a realidade é bem diferente e complicada em tempos pandemia, um plano de negócios pode ser o diferencial para sua sobrevivência no mercado de futuro incerto. Dessa forma, para quem não sabe o que é isso e para que serve um plano de negócios na prática, esse artigo vai te ajudar a construir o seu e assim garantir o futuro do seu negócio.

Mas afinal, o que é um plano de negócios?

O plano de negócios é um documento do projeto de como funcionará o seu empreendimento, seja ele de produtos ou serviços. Pode ser feito para um negócio que será criado ou já existente. No entanto, o objetivo de um plano de negócios é mostrar, por escrito quais são as metas da empresa e quais passos devem ser dados para alcançá-las. É uma forma de visualizar os erros antes de cometê-los, para diminuir as incertezas e os riscos.

E como fazer um plano de negócios?

Existem muitas formas de elaborar um plano de negócios. Diversos canais de comunicação que você pesquisar mostram tópicos diferentes e em ordens diferentes. Isso também pode variar dependendo do tipo de empresa que você pretende abrir ou já tem. Dessa forma, vamos citar aqui uma estrutura básica que você precisa saber para fazer um plano de negócios para sua empresa:

Sumário Executivo

Como o nome já diz, é um resumo do seu plano de negócios. E, embora seja o primeiro item do seu plano de negócios, é o mais importante e que deve ser escrito por último. Acima de tudo, osSeu objetivo é ser um guia, pois no sumário você dará uma ideia dos principais e mais importantes aspectos de cada seção do seu plano de negócios. Faça uma breve descrição do que é o negócio e quais os diferenciais competitivos, informe a missão e visão da sua empresa, quais serão os produtos ou serviços prestados e seus principais benefícios. Além disso, é importante colocar qual é o seu segmento de clientes, a localização, qual será o investimento total no negócio, seus indicadores financeiros, aspectos jurídica e enquadramento tributário.

Como o sumário executivo é a parte mais importante do seu plano de negócios, aqui vão algumas dicas para executá-lo:

  • Ele deve ser simples e breve. Alguns especialistas indicam de 3 à, no máximo, 5 páginas, para que se possa ler em, até 5 minutos;
  • Fornecer uma visão geral, mas também clara do seu plano de negócios;
  • Deve demonstrar o profissionalismo do seu negócio;
  • O sumário deve despertar o interesse de quem está lendo;
  • Precisa destacar as conclusões mais importantes.

Descrição da empresa

Aqui é o ponto que você descreverá o seu negócio, dizer qual é o seu histórico, a sua estrutura organizacional. Além de todos os detalhes da localização, os contatos, se já tem ou quais parcerias buscará. Se você já tem uma empresa constituída, também deverá informar seu crescimento e faturamento dos últimos anos, impostos, além de informações relacionadas a sua razão social (como propriedades e ativos intangíveis, por exemplo).

Análise de mercado

A análise de mercado é um dos principais e mais importantes itens de um plano de negócios, pois te ajuda a entender o mercado onde sua empresa vai atuar. Portanto, aqui você precisa mostrar que conhece bem o mercado consumidor do produto ou serviço. É fundamental você conhecer seus clientes, a sua concorrência e possíveis fornecedores. Então, antes de escrever essa seção: identifique seu nicho de mercado, analise seus concorrentes e pesquise o mercado fornecedor.

Plano de marketing

O plano de marketing descreverá a estrutura de como será a oferta do seu serviço ou produto. Você deve detalhar as informações dos seus produtos e serviços, a utilidade e qualidade, qual o diferencial em relação aos concorrentes e as inovações. Acima de tudo, antes de fazer o plano de marketing, você deve apresentar quais serão seus métodos de comercialização, a política de preços, diferenciais para o cliente, qual a sua projeção de vendas e quais seus canais de distribuição e estratégias de comunicação e publicidade.

  • Plano financeiro

Aqui, você explicará de forma detalhada tudo sobre o seu planejamento financeiro. No entanto, precisa conter principalmente as estimativas de custos iniciais, despesas e receitas, de capital de giro e fluxo de caixa e de lucros. O plano financeiro apresentará em números todas as ações planejadas no seu plano de negócios.

Plano operacional

Aqui define-se como sua empresa desenvolverá e comercializará os produtos ou serviços. Além disso, é a parte em que você descreve o “como fazer”, que são os processos de produção, venda e execução do serviço. No entanto, especifique os materiais e equipamentos que serão utilizados, quantas pessoas serão necessárias e quanto tempo exige cada etapa do processo.

Análise estratégica

Nessa parte, você deve demonstrar como irá competir no mercado e quais são as estratégias. Portanto, defina nesse planejamento estratégico as metas que se transformarão em ações e não o contrário. Aqui você avaliará os pontos fortes e fracos do seu negócio, além das ameaças e oportunidades do mercado. Para isso, utiliza-se uma ferramenta de análise, a Análise SWOT, sigla em inglês das palavras: strengths, weaknesses, opportunities e threats.

Em português, essa técnica é conhecida como FOFA: forças, oportunidades, fraquezas e ameaças. Se você ficou perdido com o que colocar em cada item, daremos alguns exemplos:

Forças: página no Facebook e Instagram, bom atendimento ao consumidor ou equipe experiente;

Oportunidades: crescimento do seu nicho de mercado, uma baixa nos preços dos fornecedores;

Fraquezas: preço alto ou baixo do seu produto ou serviço, não ter um site ou um ecommerce;

Ameaças: concorrência forte, a situação econômica do país.

Avaliação do plano de negócios

Sim, após executar todas partes anteriores do seu plano de negócios, você precisará nesse momento avaliar se terá condições de abrir, manter ou ampliar sua empresa. Para isso, contar com uma assessoria contábil, pode ser a peça chave para colocar o seu negócio no rumo certo e assim garantir o seu sucesso.

Quer saber mais sobre o assunto?

Faça você mesmo: Dez dicas para iniciar o seu Marketing Digital

Realizar a análise de dados é importante no marketing

Veja mais dicas no facebook ou no instagram!

Entre em contato conosco:

Atendimento Online ou Presencial (respeitando o distanciamento social)
51 9893 27616 | contato@cometacomunicacao.com.br

Clique aqui para falar com a gente agora pelo Whats App

Deixe uma resposta